•Eis um breve guia para o que acontece às raparigas na puberdade:

Imagem4

  •Seios:     – Os mamilos aumentam de tamanho e, por vezes, escurecem e tornam-se mais sensíveis. Os seios desenvolvem-se em tamanho e forma segundo os seus genes.

Imagem5

  •Pêlos corporais:    -Surgem os pêlos púbicos e das axilas, bem como os pêlos mais escuros e grossos nas pernas. A maior parte das raparigas depilam as axilas e dos pêlos das pernas, e se não gostarem, podem ver-se livre deles com cera. Podem também ter pêlos isolados em sítios estranhos, como em redor dos mamilos, no queixo ou na barriga.

Imagem6

  •-Formas: • Aumentam de peso, ficam mais fortes, mais altas e o seu corpo mudará de forma, tornando-se mais curvilíneo, com uma cintura estreita e ancas mais largas.

Imagem7

  •-Voz:     – Acredites ou não, a voz vai tornar-se mais profunda. Geralmente a própria pessoa não nota.

Imagem8

  •-Pele e cabelo:       – A pele e o cabelo podem tornar-se mais oleosos, por isso terão de lavar o cabelo mais vezes e, desculpem! Mas começarão a surgir as borbulhas.

Imagem9

  As Partes Intimas Dela:

  •Os órgãos das raparigas são quase todos internos, por isso há menos para ver!  É importante saber que todas as raparigas são diferentes, por conseguinte elas não preocuparem-se se o tamanho e a forma dos órgãos genitais forem diferentes dos das outras pessoas.

Imagem10

  Órgãos Externos:

  •Vagina:  -  É o canal por onde penetra o pénis durante as relações sexuais e por onde sai o fluxo menstrual e os bebés.

Imagem11

  •Hímen: - Uma pequena membrana que cobre a entrada da vagina, mas que, em muitas raparigas é rasgada pela prática de desporto ou de actividades vigorosas, muito em antes de perderem a virgindade.

Imagem12

  •Vulva:  - É constituída por dois pares de pregas de pele que rodeiam a vagina: os pequenos lábios ficam junto da vagina e os grandes lábios são exteriores.

Imagem13

  •-Meato urinário:                  Ao contrário do que poderias pensar, a urina das raparigas não sai da vagina,  mas sim deste pequeno orifício,  que é o final de um tubo que parte   da vagina.

Imagem14

  •Clítoris:    -É um pequeno órgão, protegido por uma glande. Funciona mais ou menos como o pénis, pois tem vasos sanguíneos que, quando as raparigas se sentem excitadas, recebem um maior fluxo, tornando-o mais duro e maior (a alteração não se nota). A estimulação do clítoris leva geralmente ao orgasmo.

  •Colo do útero:    -É a ligação entre a vagina e o útero. Trata-se de um pequeno canal, demasiado estreito para que alguma coisa lá entre, de modo que não te preocupes que tal possa acontecer com tampões ou até mesmo com o pénis!

  •Ovários:  -Glândulas que contêm os óvulos (para gerar os bebés).

Imagem17

  •Trompas de Falópio:   -Pequenos tubos percorridos pelo óvulo a caminho do útero, todos os meses, prontos a serem fecundados.

Imagem18

  •Útero:  - Órgão que se prepara todos os meses para receber o óvulo, se este foi fecundado (pelo espermatozóide). Quando tal não acontece o útero expele a mucosa que reveste as suas paredes: é o período menstrual.

Imagem19

  Períodos Menstruais:

  •A grande mudança no corpo das raparigas, que tem lugar na puberdade, é o período menstrual – e o aperceberem-se de que este te vai aparecer todos os meses.

 •A menstruação surge em idades diferentes – desde os 8 anos até aos 18.

Imagem20

  •Não te preocupes se a tua amiga começar a ser menstruada antes de ti, pois todas as pessoas são diferentes. Até mesmo os períodos são diferentes – podem durar entre 2 a 8 dias, num ciclo que pode ir de 21 a 35 dias (a média é 28).

Imagem21

 

  O Que Está a Acontecer:

  •Um dos ovários das raparigas liberta um óvulo maduro e envia-o para o útero através da trompa de Falópio. A mucosa uterina fica mais espessa para que, se o óvulo for fertilizado pelo espermatozóide, aí fique instalado e cresça até se transformar num bebé.

Imagem22

  •Quando o óvulo não é fecundado o corpo desfaz-se de tudo – do óvulo e da mucosa, que sai sob a forma de sangue com bocadinhos de tecido: o período. Ao processo completo chama-se ciclo menstrual.

Imagem23

  •Como já foi dito, tem uma duração média de vinte e oito dias. As raparigas começam a contá-lo no 1º dia de período. A ovulação tem lugar a meio. Sabem que o período está prestes a aparecer quando sentirem cólicas no baixo-ventre e virem uma pequena mancha de sangue nas cuecas.

Imagem24

  •Não se preocupem porque perderão uma pequena quantidade em cada período (cerca de 4 a 6 colheres de sobremesa), embora pareça muito.

Imagem25

  Dores Menstruais:

  •Infelizmente para algumas raparigas, os períodos não são indolores. Nem todas as mulheres têm dores menstruais; umas não sentem nada, outras, um pequeno peso na parte inferior do ventre, mas há quem tenha cólicas menstruais fortes. Também os seios podem inchar, ou surgirem dores nas costas, de cabeça, tonturas e enjoos.

Imagem26

  O Que Usar:

Imagem27

  -Pensos:  Há muitos, muitos anos, as mulheres tinham de usar toalhetes de pano durante o período menstrual e depois lavá-los para servirem no mês seguinte. Que bom, não era?

  •Porém, hoje em dia a indústria criou pensos pequenos, finos e muito, muito discretos. Colam-se às cuecas e absorvem o fluxo menstrual quando este sai, de modo que nada se sente. Há de todos os tamanhos e feitios. Não liguem aos anúncios, experimentem pensos de várias marcas para verem com qual se dão melhor.

Imagem28

  •Notas Não devem deitar os pensos na sanita; enrola-os em papel higiénico e, nas casas de banho públicas, enfiem nos recipientes apropriados ao lado da sanita. Em podem embrulha-los no invólucro em que vieram e metem-no no caixote do lixo.

Imagem29

  •Prós Não há risco de síndrome do choque tóxico e não precisam de aprender a inseri-los, como acontece com o tampão.

  •Contras Não podem nadar e fica com um pouco de sangue á entrada da vagina.

Imagem30

  -Tampões: •Inserem-se na vagina e ensopam imediatamente o sangue. Há-os de vários tamanhos, para diferentes fluxos menstruais, e não para os vários tamanhos de vaginas! As raparigas começam a usar um pequeno no inicio do período e, depois, um de tamanho maior quando o fluxo se torna mais abundante.

Imagem31

  •Alguns têm aplicadores (tubos de cartão que evitam que tenham de meter os dedos lá dentro), outros não – usem os que preferires. Os aplicadores de papel, como os tampax, são biodegradáveis e podem ser deitados na sanita, se não houver um recipiente próprio. Não há grande diferença entre as marcas, basta que as raparigas encontrem um que lhes agrade.

  •Nota Não se deve manter o tampão mais do que quatro a oito horas dentro da vagina, pois existe uma doença muito rara chamada síndrome de choque tóxico que pode matar se permaneceres com o tampão vários dias.

  •Prós As maiores vantagens do tampão são: ninguém sabe que estão com o período, podem nadar e noutras situações são mais discretos que os pensos.

Imagem32

  •Contras As raparigas tem de aprender a usá-los, mas basta seguir as instruções – e devem acautelar-se com a síndrome do choque tóxico.               

  Falta-te o período:

  •Se faltou o período, a primeira coisa que se tem a fazer é perguntarem-se a si mesmas se há possibilidade de estarem grávidas. Se tiveram relações sexuais nesse mês e não utilizaram um método contraceptivo, ou se o preservativo se rasgou, devem ir imediatamente ao médico.   

Imagem33

  •Se não houver qualquer probabilidade de estarem grávidas, façam a si próprias as seguintes perguntas:

  •- Tenho feito demasiado exercício? •- Tenho feito uma dieta muito rigorosa? • - Mudei o meu estilo de vida, isto é, mudei para muito longe do sítio donde vivia? •- Ando tensa por algum motivo, por exemplo, exames, ou sofri recentemente um trauma?

  •Estas são algumas das razoes que poderiam causar a falta de período. •Mais uma vez, não se preocupem, se não houver risco de gravidez. Mas se faltar mais do que um período devem ao médico.

  •Os períodos menstruais de algumas atletas e raparigas extremamente magras desaparecem causando problemas a longo prazo, de modo que deverão consultar o médico, caso o mesmo se suceda.

Imagem35

  •A ejaculação é o momento em que o homem no ato sexual entra em um processo de prazer e derrama pelo canal o espermatozóide, ou seja, no momento em que o homem tem um orgasmo  ejacula ou derrama o esperma seja, dentro ou fora da vagina.

  •Agora que tens informações sobre o teu corpo, devemos falar sobre a imagem física antes de nos aproximarmos de um assunto delicado como é o sexo. É um facto muito triste num mundo moderno, mas muitas pessoas, principalmente raparigas, têm uma baixa auto-estima em relação á sua imagem.

  •-Peso: •          Não existe um peso ideal. Desde que sejas saudável e te mantenhas em forma, não deves preocupar-te com o peso ideal.

PESO

  •-Dietas:       Está clinicamente provado que as dietas excessivas não funcionam. A única maneira de perder peso é através de uma alimentação saudável e equilibrada, acompanhada de muito exercício.

MACA

  •Não há regras nas emoções nem na atracção. As coisas        entre um rapaz e uma rapariga podem ser muito complicadas: saber se ele(a) gosta de ti, se tu gostas dele(a) e, depois, o que hão-de fazer se gostam um do outro e começam a sentir coisas muito estranhas!

MENINO E MENINA

  •A atracção faz-te sentir arrastado(a) por outra pessoa. Pode ser uma coisa meramente física – achas que ele(a) é lindo(a), sentes-te sexualmente atraído(a) e é como se te dominasse o cérebro.

LOL

  •Considera-lo muito interessante e queres falar mais com ele (a). Ou podem ser ambas as coisas. Apercebes-te que o (a) quer ver, porque não podes tira-lo(a) do pensamento e ele (a) faz-te sentir especial quando está perto de ti.

MENINA

  •A resposta é: não sabes, apenas te sentes estranho(a) quando ele (a) está perto e queres continuar assim! Podes ficar nervoso(a), extasiado(a), feliz, afogueada – sentirás geralmente muitas coisas ao mesmo tempo e com mais intensidade do que é habitual.

  •Quando se gosta de alguém o coração bate mais depressa ou parece dar um salto, podes sentir-te um pouco tonta, ofegante, com um nó no estômago e a transpirar. Vais descobrir que não consegues deixar de olhar para ele(a) e serás incapaz de terminar uma frase completa.

Imagem1

  -Pressões familiares:     O ambiente familiar e a educação são a base de todos os teus pensamentos sobre o sexo e a intimidade e deixam uma impressão mais forte do que aquilo que pensas.

FAMILIA

  Os teus pais podem ter uma relação muito terna e mostrarem sempre o seu afecto diante de ti. Então provavelmente te sintas à vontade e sejas meiga para com o teu namorado ou parceiro. Se os teus pais forem muito reservados, é provável que te sintas tímida com exibições de ternura na tua vida amorosa.

  •Respeito ao sexo, todos os pais são diferentes, e acredita que ninguém é perfeito. Podes ter pais abertos que discutiram muito cedo contigo o sexo e a contracepção. Pode agradar-te ou levar-te a pensar que são demasiado modernos.

  •Se puderes ter uma conversa sensata com eles, esta será, sem dúvida, a melhor opção; senão quando precisares de alguém que te dê informações ou conselhos, fala com irmãs ou irmãos mais velhos ou amigos.

  -Pressão dos amigos:     Uma das razões mais importantes para as pessoas começarem a praticar sexo é o facto de quererem imitar os amigos.

  Os anos da adolescência estão cheios de experiências; muitas pessoas acabam em situações, porque ouviram os amigos gabarem-se de certas coisas e pensaram que tinham de fazer o mesmo para conseguir credibilidade.

  A única razão para teres relações sexuais com outra pessoa deverá ser porque o desejas a 100%, porque te sentes preparado(a) para isso e porque sabes que a outra pessoa confia em ti e te respeita.

  A única razão para teres relações sexuais com outra pessoa deverá ser porque o desejas a 100%, porque te sentes preparado(a) para isso e porque sabes que a outra pessoa confia em ti e te respeita.

  •Virgindade é uma palavra carregada de significado. Perdê-la pode ser uma coisa maravilhosa ou uma autêntica catástrofe. E depois? Sentes alguma diferença? Transformaste milagrosamente num homem/mulher maduro(a)? •Não. Mas depois desse momento podes sempre a ficar que não tomaste decisão correcta.

  •Ninguém pode decidir por ti, dizendo se estás ou não preparado (a) para perder a virgindade.

  •Se já pensaste no assunto o tempo suficiente e estás preparado(a) para perder a virgindade, assegura-te então de que vais praticar sexo seguro. Utiliza sempre um preservativo para te protegeres das DST (doenças sexualmente transmissíveis) e evitares a gravidez.

  •Terás de ficar satisfeito(a) com as decisões que tomares – como com quem vais dormis, quantos parceiros(as) vais ter, decidir se queres ter uma relação sexual com uma nova pessoa. Desde que te sintas bem com estas decisões e não as lamentes, estarás a agir de acordo com a tua vontade.

  Esperar para fazer sexo           Há pessoas que preferem esperar até ao casamento para terem relações sexuais. A decisão pode ser tomada por razões morais ou crenças religiosas e todos terão de a respeitar.

  Prepara-te     Se vais perder a virgindade, o melhor será tornar o facto agradável. Prepara o local e ocasião e transforma o acontecimento numa experiência feliz, numa recordação para guardares o resto da vida.

  Assegura-te que discutiste com o teu parceiro(a) aquilo que esperas que ambos são capazes de tornar o momento especial. Sobretudo, utiliza um método anticoncepcional que evite as DST e uma gravidez indesejada.

  Sem remorsos     Se ficares com remorsos depois de teres perdido a virgindade, não precisas de te castigar. É verdade que não a poderás recuperar, mas não é necessário continuar a ter relações sexuais só porque fizeste sexo uma vez.

  Se não tiveres ficado satisfeita com a tua decisão, interrompe durante algum tempo a tua vida sexual e não te preocupes. Se não o desejares, não precisas de continuar a ter sexo com a mesma pessoa nem de te atirares para outros (as) para relacionamentos. Lembra-te de que és sempre tu quem controla o teu destino.

  •Diz-se que se faz sexo quando o rapaz insere o pénis na vagina da rapariga, fazendo movimentos rítmicos para dentro e para fora, até que ele, ou ambos, atinjam o orgasmo.

SEXO

  •A melhor maneira de te defenderes de uma gravidez indesejada e das doenças sexualmente transmissíveis é conhecendo todos os factos acerca da contracepção.

PIRULA

  -O que é Um invólucro de látex muito fino que cobre o pénis do rapaz. -Como funciona Impede o esperma de entrar dentro da vagina. -Eficácia: 85-98%

TAPAO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: